ÍconePress – Agência de Assessoria de Imprensa, Comunicação Corporativa, Assessoria ao Agronegócio – Cuiabá – MT – Mato Grosso

Moda masculina será destaque na 11º Femoda-MT

Com peças de vestuário, acessórios e calçados, marca Raphael Benetti apresentará nova coleção primavera-verão 2023


Cada vez mais os homens mostram interesse pelo autocuidado, sem renunciar ao conforto. Por isso, o setor de moda masculina ganha espaço há alguns anos. De acordo com relatório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), divulgado no fim de 2021, esse nicho já representa 30% de todo o segmento.      

Para atender a este público, a Raphael Benetti, marca de moda masculina, vai apresentar a nova coleção primavera-verão 2023 na Feira de Calçados, Confecções e Acessórios (Femoda) de Mato Grosso. A feira começa hoje (28/07) e segue até sábado (30/07), no Cenário Rural, em Cuiabá, das 9h às 20h. Entre os itens da marca que serão mostrados aos lojistas  visitantes estão vestuário para diferentes ocasiões, acessórios e calçados.

A participação na Femoda-MT oficializa a expansão da marca para os estados de Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre, com o início das atividades no atacado. Na oportunidade, os lojistas que estiverem na feira vão conhecer todo o portfólio da marca. De acordo com o proprietário da Raphael Benetti, Junior Macagnam, que possui três lojas de varejo em Cuiabá e Várzea Grande, um dos principais motivos que impulsionaram a atuação no atacado foi a demanda de lojistas de outras cidades pelos produtos da marca. 

“Apesar da grande experiência no varejo esta será nossa primeira incursão no atacado e estamos otimistas. A marca vem dando um ótimo resultado no varejo. A fidelização dos clientes tem sido impressionante em função do design, da qualidade e do preço, ou seja, se compra uma vez se torna um cliente fiel”, explica.

A Raphael Benetti se consolidou no mercado varejista nos últimos quatro anos. A expectativa é que, em um ano, a marca atenda também os estados de Tocantins, Distrito Federal e Goiás, além das regiões Sul e Sudeste do país, onde há mais competitividade neste setor.

O otimismo da marca está alinhado com a tendência de crescimento do setor. De acordo com a pesquisa divulgada pelo Sebrae, a moda masculina movimentou cerca de US$ 13,2 bilhões no Brasil, em 2020, primeiro ano da pandemia do covid-19. A receita mundial chegou a US$ 489 bilhões de dólares. E as perspectivas para o futuro são positivas.

Crédito imagem: Raphael Benetti

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email