ÍconePress

Acrismat apoia programa que orientará produtores a exportarem produção

A APEX Brasil, em parceria com a UFMT, executará o Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) e terá a Acrismat como ponto focal para a iniciativa na suinocultura

Com o objetivo de capacitar empresas e produtores de suínos do Estado, a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) participará do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX), executado por meio de uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O programa auxiliará os produtores e empresas que desejam expandir suas fronteiras e exportar os produtos de forma segura e planejada.

Na suinocultura, com a participação da Acrismat, o Programa auxiliará a destravar um dos principais gargalos que a atividade enfrenta neste momento, que é a exportação. De acordo com Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), apenas 4,3% da carne suína produzida no Estado é destinada ao mercado externo.

“Enfrentamos algumas dificuldades para exportar nossa produção. Hoje podemos destacar o custo de produção e a distância dos portos, o que também interfere de forma direta no custo, o que deixa nosso produto menos competitivo em relação aos de outros estados produtores”, afirma o presidente da Acrismat, Itamar Canossa. Ele acrescenta que, como instituição representativa dos produtos, a missão da Acrismat é buscar e apoiar ações que beneficiem os produtores e a atividade. “Sem dúvida, esse programa vem para contribuir com a suinocultura estadual”, destaca.

O diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, afirma que o Programa complementa as ações e atividades oferecidas pela associação junto aos suinocultores em Mato Grosso. “Esse programa complementa todo um trabalho que a Acrismat desenvolve há muito tempo no Estado. Oferecemos qualificação e assistência para pequenos e médios produtores, como uma forma de se manterem atualizados com as novidades do setor e como suporte para que se mantenham em atividade”, explica.

Segundo Laudemir Müller, analista de Competitividade da Apex-Brasil e gestor responsável pelo PEIEX-MT na Agência, a equipe técnica já está pronta para atender empresas interessadas em se qualificar para alcançar o mercado internacional. “O PEIEX qualifica a empresa para exportação e apoia no planejamento para que a exportação seja realizada de forma mais segura e com menor risco. O atendimento é individualizado porque cada empresa tem sua realidade, sua maturidade e seus objetivos com a exportação”, afirma Müller.

O atendimento do PEIEX é gratuito e a contrapartida dos empresários é o real interesse de participar do processo e dedicar tempo ao programa. Para participar a empresa passa por uma avaliação de perfil e deve aderir formalmente ao programa.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email